TRANSFORMANDO UM FURGÃO EM UM MOTORHOME

FURGÃO 1

Se você tem vontade de sair de viagem pelo mundo, para esquecer um pouco a loucura do dia a dia, provavelmente já cogitou a possibilidade de ter um furgão transformado em motorhome.

Caso não saiba exatamente o que é um “furgão” (também chamado de van ou carrrinha) : é um automóvel utilizado no transporte de carga ou grupo de pessoas.

Geralmente é um veículo em forma de “caixa de sapato” com aproximadamente o mesmo tamanho e largura de um carro grande, mas é mais alto e geralmente com um vão maior em relação ao solo.

Os novos modelos existentes no mercado são mais ágeis, econômicos e mais confortáveis do que as tradicionais Kombis, que consagraram o estilo.

FURGÃO 2

Existe uma grande parte da comunidade de praticantes de esportes de montanha que sonha em transformar este tipo de veículo em uma espécie de residência sobre rodas para que seja possível viajar para qualquer lugar que se consiga dirigir, e pagar pouquíssimo em estadia.

A atividade, conhecida como “van-life”, é imensamente popular nos EUA e Europa, existindo empresas que se especializaram em alugar estes veículos-residência por temporadas.

Este serviço existe no Brasil, porém o preço é fora da realidade (até mesmo para estrangeiros), e os preços oferecidos pelas empresas parecem acompanhar todo o devaneio alucinógeno do valor dos aluguéis de imóveis.

Visto largamente em grandes metrópoles da América do Sul, os furgões, ou vans, já fazem parte da paisagem cotidiana urbana, e não chamam a atenção como faziam outrora.

Quer ser como Alex Honnold?

Das pessoas mais conhecidas por ser adepta deste estilo de vida (viver em uma van ou furgão), o escalador americano Alex Honnold já concedeu muitas entrevistas sobre seu veículo falando como foi o processo de customização dele.

Para quem é fã de carteirinha do escalador, saiba que o modelo que usa é um Ford Econoline E150 ano 2002.

FURGÃO 3

Infelizmente o modelo não é vendido no Brasil, nem na América do Sul.

Nos EUA o modelo é vendido por módicos US$ 8.000,00 (valor médio para modelos ano 2002 de Honnold).

A montadora americana possui um modelo similar no Brasil, mas é ligeiramente diferente na distância entre os eixos, tendo também diferenças na sua grade frontal. O modelo foi batizado de Ford Transit.

O motor da Van de Honnold é um V6, 4.2 litros, que em outras palavras é um carro que “bebe” muito e pode ser caro por muitas viagens.

Na customização feita por Alex, a opção foi investir o mínimo na customização interna do veículo, por isso o atleta procurou apenas adaptar gavetas para guardar equipamentos de escalada e uma tábua de compensado abaixo de um colchão para que servisse de cama.

https://youtu.be/CArfaGmYuGM

Nas customizações utilizadas pelo escalador a parte que seria utilizada como cozinha, é apenas um balcão para que ele use seu fogareiro dentro do carro.

Isso porque o escalador optou por não gastar muito dinheiro para transformar profundamente o veículo.

Como pode se visto no vídeo, dentro do furgão há gaveteiros e uma cama improvisada com uma tábua, sem estrutura planejada para uma boa ventilação do colchão.

Escolhendo o Modelo

No Brasil existe uma grande variedade de modelos, dos mais variados fabricantes. Para realizar o artigo, partiremos do ponto de partida que o fator mais importante para realizar o projeto é o preço final de toda customização.

Fatores como custo de manutenção, consumo, potência do motor, preço do IPVA , conforto e dirigibilidade devem ser levadas em conta, e serão abordados em um artigo exclusivo sobre a burocracia e licenciamentos do veículo deste tipo.

Para um veículo furgão servir como motorhome, é recomendado que seja de tamanho comum e nada muito grande, por questões econômicas e de manutenção.

FURGÃO 4

O motivo da preocupação com tamanho é válido por conta de que veículos altos possuem dificuldades de entrar em shoppings e supermercados, especialmente no interior do Brasil.

Durante viagens em estradas muito estreitas, e/ou sinuosas, um veículo grande também pode não conseguir ter acesso facilmente, nem ser fácil de manobrar.

Uma outra observação é a de que veículos muito grandes também requer uma espécie de licença especial de motorista, e isso pode ser adicionado ao custo total de ter um Motorhome.

Novo X Usado

A escolha de comprar um veículo novo, ou usado, fica por conta do desgaste que sofreu em seu uso, isso porque veículos do tipo “furgão” são muito usados em carregamento de cargas, que variam muito de peso e espécie.

O mais indicado é procurar um furgão que já tenha sido usado predominantemente para transporte de pessoas, pois mesmo com uma quilometragem alta, o desgaste tende a ser menor (mas não é uma verdade absoluta).

Um outro motivo para este tipo de preferência é que um furgão usado para transporte de pessoas possui janelas instaladas, o que facilita a ventilação interna do veículo quando transforma-lo em Motorhome.

Um veículo sem janelas em sua carroceria, pode superaquecer em dias de verão, ou em lugares desérticos como Piedra Parada, na Argentina, ou Cocalzinho em Goiás.

Na customização, caso seja necessário abrir o espaço na lataria para janelas, irá impactar no preço final.

O comprador deve levar em conta sempre que irá viajar bastante com o veículo, a possibilidade de adquirir um veículo que tenha poucos anos de uso, para prevenir de uma manutenção não-programada.

Um veículo novo é a escolha que na teoria é perfeita, mas o preço de um veículo tipo furgão zero km é um pouco fora da realidade, às vezes chegando a ser proibitivo.

Portanto preferencialmente escolha veículos semi-novos, no máximo, com data de fabricação abaixo de 10 anos.

FONTE: http://blogdescalada.com/transformando-um-furgao-em-um-motorhome-parte-1/

Veja a matéria completa no link acima.

Comentários encerrados.